quarta-feira, 4 de maio de 2011

Puma GTE 79´ - A recompra

Continuando a história da minha Puma GTE 1979.

Em 2010 estava em casa quando fui surpreendido com o recebimento do boleto de licenciamento da minha ex-puma.

Estranhei, pois já tinha se passado dois anos que eu tinha vendido e eu tinha entregue o recibo de trabsferência assinado e reconhecido firma ao comprador.

Resolvi entrar em contato pois achei que poderia me prejudicar com esse carro no meu nome e o então proprietário me informou que o carro se encontrava encostado numa oficina para fazer um serviço geral e que eu não me preocupasse, me informando também que havia perdido o recibo.

Um dia depois ele me liga perguntando se eu não queria comprar de volta o carro pois ele não tinha mais tempo ($$$$) para cuidar do mesmo. Eu disse que não e que não tinha condições de pagar o que ele havia me pago.

Fio ai que ele me informou que o carro estava desmontado e pediu um valor abaixo do que eu tinha vendido e que mesmo assim eu não tinha... dois dias depois ele me liga baixando ainda mais o carro e mesmo assim, mesmo que eu quisesse muito, eu não tinha aquele valor...

Passaram-se mais dois dias e ele me liga... uma oferta irrecusável, com um valor de 30% do que eu havia vendido. Ai desta vez eu não tinha o dinheiro mas corri para conseguir...

No dia 24/03/2010, peguei meu cunhado e fomos direto para Natal, cheguei, vi o carro e ele estava muito próximo do que eu vendi, exceto pelo fato de ter ficado separado o chassis da carroceria, o que provocou ferrugem em todo o chassis, não muito, mas provocou e muitas peças novas da mecânica que eu tinha colocado foram perdidas.





Coloquei ele em cima de um reboque trouxe direto para a oficina...

2 comentários:

  1. E assim a história do Puminha vai sendo escrita. Por pouco ele não vira só mais um desaparecido, hein?!

    ResponderExcluir
  2. quanto vale o carro hoje do jeito que esta. sou de natal e moro na cidade do crato/CE

    ResponderExcluir